A janela 10/40: Estatísticas

Mateus 24:14 “E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo como um testemunho a todas as nações, e então o fim virá.”
Como adventistas do sétimo dia, colocamos todas as nossas expectativas na segunda vinda de Jesus. E como preparação, fomos comissionados a pregar o evangelho a todas as nações do mundo e, ano após ano — como congregações e líderes da igreja — nos reunimos para criar estratégias para cumprir essa missão. Dada a quantidade de atenção, conversação e planejamento dedicados a esse esforço de alcançar o mundo todo, devemos nos perguntar: como estamos realmente nos saindo?

Para ter uma idéia melhor do nosso progresso nessa área, vamos examinar os dados sobre a presença adventista em uma parte do mundo que é terrivelmente desafiadora para ser alcançada e é a menos evangelizada pelo cristianismo: a Janela 10/40, a área do mundo entre as latitudes 10 e 40 graus norte do Equador, no Hemisfério Oriental, cobrindo o Norte da África, Oriente Médio e Ásia. Esses países enfrentam várias questões relacionadas à liberdade religiosa e à pobreza, bem como a problemas socioeconômicos e culturais que a acompanham. Esta região do mundo tem sido, por mais de vinte anos, uma área de prioridade para a Igreja Adventista. Hoje, estamos comparando dados do Relatório Estatístico Anual 2017 (2017 ASR) (hiperlink) e do Relatório Estatístico Anual de 2018 (2018 ASR) (link) para ver até que ponto os adventistas têm presença e alcance nessa região.

Para um escopo mais amplo, vamos aos dados de Relatório Estatístico Anual (REA) de 2013-2016. Como você pode ver na tabela à esquerda, o número de pasrores ordenados dentro da região não diminuiu drasticamente, enquanto o número de igrejas dentro da região aumentou em algumas centenas. Houve uma queda lenta na proporção de habitantes por membro, refletindo o crescimento geral da população e da membresia da igreja dentro da janela 10/40, o que é certamente encorajador. No entanto, em geral crescimento da membresia dentro da Janela 10/40 ainda está atrasado em relação ao crescimento em outros  lugares do mundo (como ilustrado no gráfico abaixo), o que pode fazer sentido porque a maioria dos membros da IASD está fora desta região, apesar da janela 10/40  incluir alguns dos países mais populosos do mundo.

 De fato, o REA de 2017 aponta que a grande maioria da população global em 2015 estava dentro da janela 10/40, mas com os membros da igreja adventista foi o inverso, conforme ilustrado no gráfico abaixo.


 
Conforme observado na introdução do REA de 2017, escrito pelo diretor do ASTR, David Trim, há uma dissonância impressionante entre a distribuição da população mundial e a das congregações, ministros e membros adventistas do sétimo dia. Outra maneira de olharmos para essa informação é em termos de quantidade de membros por 10.000 pessoas: em 2015, havia 5.84 membros por 10.000 pessoas dentro da janela 10/40, enquanto fora da janela 10/40 tínhamos 65.72:10.000 — a proporção de adventistas para população é 11 vezes melhor fora da região 10/40 do que dentro dela.
A Igreja Adventista do Sétimo Dia está empenhada em melhorar a qualidade de vida nesta região do mundo através da educação, saúde e outros serviços. A partir dos dados da REA de 2018, sabemos que a igreja adventista tem 33 hospitais, 350 clínicas e postos médicos/odontológicos, 5 lares de idosos/centros de aposentadoria, 23 escolas de ensino superior e 116 escolas de ensino médio na região. No entanto, devido aos desafios existentes na área onde estão alguns dos países mais pobres do mundo, na janela 10/40 temos duas vezes menos hospitais, seis vezes menos orfanatos, 15 vezes menos lares de idosos ou centros de aposentadoria e 3.5 vezes menos escolas de ensino superior com mais de 5 vezes menos escolas de ensino médio do que aquelas que operamos fora da região.

Esses números são impressionantes e nos encorajam a perguntar: como podemos melhorar nossas estratégias para alcançar a janela 10/40? Em um blog anterior, analisamos uma estratégia global de divulgação formulada pelos Centros de Missão Global  do departamento de Missão Adventista da Associação Geral: você pode ler mais sobre isso aqui(http://www.adventistresearch.org/blog/2017/01/every-nation-tribe-and-kin...). Estratégias de alcance global, no entanto, muitas vezes estão muito distantes dos membros leigos da igreja que podem lutar para encontrar formas de contribuir para elas. Felizmente, há muito que podemos fazer para a janela 10/40, no conforto de nossos bancos de igreja. Esta é uma das razões pelas quais é importante educar-nos e contribuir para projetos de missões mundiais (como detalhamos no último blog, que você pode ler aqui http://www.adventistresearch.org/blog/2018/ 09 / dar barreiras) para que possamos com oração apressar a segunda vinda de Jesus.

Para ler mais sobre os desafios que a Igreja Adventista do Sétimo Dia enfrenta na janela de 10/40 visite https://am.adventistmission.org/mission-challenges