Crescendo em Maturidade Espiritual

"Respondeu Jesus: 'Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento.’" – Mateus 22:37 (NIV)

Quando você ama alguém, é difícil esconder esse amor. Vemos isso quando uma noiva e um noivo olham nos olhos um do outro enquanto pronunciam seus votos; quando um pai aconchega seu bebê recém-nascido durante aqueles primeiros e preciosos dias e quando um casal mais idoso se senta sem palavras juntos, simplesmente felizes de mãos dadas. Sim, quando você ama alguém, é notório para todos ao redor!

O mesmo é verdade sobre nosso amor para com Deus. Se nós o amamos, então nossas vidas refletem esse relacionamento. É impossível para nós amá-lo e ter um relacionamento verdadeiro com Ele sem que nossas vidas sejam completamente transformadas. À medida que nos tornamos maduros espiritualmente e nos aproximamos mais de Deus, nossas vidas continuam a refletir esse amor mais profundamente.

Nosso último blog  examinou diferentes fatores que fazem parte da maturidade espiritual - especificamente enquanto ministramos aos outros. No entanto, a pesquisa de 2013 com os membros da igreja — conduzida sob a liderança do departamento de Arquivos, Estatística e Pesquisa da Associação Geral — também examinou outros elementos e atitudes relativos à maturidade espiritual.

Uma indicação de maturidade espiritual envolve crescer continuamente em espiritualidade. Quando perguntado aos  membros da igreja se eles buscam oportunidades para ajudá-los a crescer espiritualmente, mais de um terço (39%) dos entrevistados indicaram que eles frequentemente o fazem. Além disso, aproximadamente dois em cada cinco entrevistados (40%) disseram que as coisas que eles fazem refletem seu compromisso com Jesus.

Um relacionamento íntimo com Jesus não influencia apenas uma área da vida, mas inclui todos os aspectos. Quando perguntados especificamente sobre como o relacionamento deles com Deus os afeta:

  • Quase um em cada dois entrevistados (49%) compartilhou que muitas vezes sentem que sua vida está cheia de significado e propósito 
  • Mais da metade (55%) relatou que tem um senso real de que Deus os está  guiando 
  • Quase três em cada quatro (73%) indicaram que a beleza da criação de Deus os impulsionam espiritualmente 

Outro aspecto da maturidade espiritual — e, portanto, uma manifestação do relacionamento de alguém com Deus — é a aplicação de nossa fé a todos os aspectos da vida. Embora poderia ser fácil aplicá-la à vida da igreja e à vida familiar, o que acontece nas outras áreas? Quando perguntados se eles aplicam sua fé a questões políticas e sociais, menos de um quarto (23%) dos entrevistados relataram que eles freqüentemente o fazem. Esta é uma área que — globalmente — parece ser uma área de maior fraqueza na arena da maturidade espiritual.

Pode-se pensar que o relacionamento com Deus é a principal área de maturidade espiritual. No entanto, é impossível crescer no relacionamento com Jesus e não ministrar aos outros como Jesus o fez. Além disso, é fácil ver os dados relatados neste e no último blog e simplesmente dizer: “A igreja global funciona assim, mas não eu ... não a minha igreja local.” No entanto, somos todos um só Corpo - quando uma parte está fraca, todos sofremos. Como podemos fortalecer nossa Igreja como um todo? E em que áreas eu deveria pessoalmente crescer mais “à medida da estatura da plenitude de Cristo” (Efésios 4:13)?

Para saber mais sobre este estudo e suas descobertas, clique aqui.