Obstáculos para ofertar

Honre o Senhor com todos os seus recursos e com os primeiros frutos de todas as suas plantações. Provérbios 3:9.  (NVI)

Embora pareça fácil honrar a Deus de alguma forma, outros podem achar mais difíceis. Através de toda a Bíblia, vemos lembrete após lembrete de que podemos honrá-lo e louvá-lo por meio de nossas finanças.

Em um blog anterior, examinamos os fatores que motivam as pessoas a doar para as missões nas igrejas. No entanto, pode-se perguntar, quais são obstáculos que impedem os membros de ofertar?

Um estudo recente (2016) realizado por Petr Cincala, René Drumm e Duane McBride  para o Departamento de Arquivos, Estatísticas e Pesquisas da Associação Geral (ASTR) e da Divisão Norte-Americana, entrevistou 872 membros norte-americanos da Igreja. O objetivo do estudo foi examinar os padrões de ofertar para a Missão Mundial, incluindo-se os obstáculos à doação.

Os participantes do estudo identificaram quatro razões principais porque eles não dão à oferta missionária na igreja:

1. Uma crescente desconfiança, ou falta de compreensão, sobre como os fundos são administrados

2. Preferência por doações a causas locais

3. Uma percebida deficiência na comunicação sobre missões

4. Falta de recursos pessoais

Talvez a razão mais importante citada para a carencia nas ofertas para a missão seja a aparente falta de comunicação em relação às missões. Enquanto algumas igrejas podem dar uma ênfase maior na oferta missionária, alguns membros do grupo focal compartilharam que nunca ouviram sobre a oferta para missão em sua igreja. Esses membros sentiam que um lembrete seria útil (GF7 e GF3). Outros mencionaram que gostariam de aprender mais sobre projetos específicos que suas doações financiariam (GF7).

Outra razão é a falta de confiança ou meramente a ausência de compreensão da maneira como estes recursos são administrados pela igreja. Os participantes do grupo focal neste estudo mencionaram que não sentem que a administração da igreja está em contato com o que acontece com os projetos missionários e nem sabem se seus recursos serão usados corretamente. Como disse um membro de um grupo focal: “Percebemos que os fundos não estão sendo usados adequadamente ... e, portanto, como você sabe isto gera desconfiança” (GF9).

Outros membros compartilharam que prefeririam doar seu dinheiro para as necessidades locais, em vez da oferta missionária. Alguns entrevistados do grupo pesquisado compartilharam que prefeririam doar à igreja local para ajudar a cobrir suas despesas (GF4), enquanto outros respondentes vêem necessidades em sua comunidade e preferem concentrar sua doação nessas necessidades (GF5).

A razão final citada para negligenciar a oferta missionária é a falta de fundos pessoais. Um membro pesquisado pertencente ao grupo focal 3 compartilhou: “Nesta fase da minha vida, eu não estou em condições de doar tanto ...” Os participantes do grupo em estudo compartilharam que sentem que seus próprios recursos são inadequados quando comparados as necessidades que são apresentadas.

Embora muito disso possa parecer negativo, os participantes da pesquisa também tiveram idéias de como aumentar a doação à oferta missionária. Essas idéias incluíram:

1. Aumentar a transparência

2. Aumentar o uso de recursos existentes,

3. Atualizar os mecanismos de doação para facilitar as doações

Quando se trata de aumentar a transparência, os membros do grupo pesquisado sentiram que aprender especificidades sobre aonde seu dinheiro está indo os ajudariam a estar mais inclinados a doar (GF7). Eles também compartilharam que gostariam de atualizações sobre os projetos que já haviam previamente doado (GF9 e GF3)

Os membros do grupo pesquisado também compartilharam que acreditam que há recursos atualmente disponíveis—ou aqueles que foram usados no passado—que estão sendo desperdiçados. Um membro pesquisado do grupo focal 5 compartilhou pensamentos sobre um deles: “Nós costumávamos ter o Carta Missionária (Mission Spotlight), mas nós não a temos mais, isto desapareceu ... Eu sei que toda semana na escola sabatina havia alguém que contava uma história de missão. Sempre, mas não tenho ouvido isso há anos.

A última sugestão feita para aumentar a doação à oferta missionária era atualizar os mecanismos usados para doar. Os participantes do grupo pesquisado compartilharam idéias como doações eletrônicas, envio de mensagens de texto, criação de um aplicativo ou um site dedicado a doações e a possibilidade de usar cartões de crédito na igreja. Se você gostaria de explorar essas formas de doar para a missão adventista, visite o site https://www.adventistmission.org.

“Embora existam barreiras para doar para as missões mundiais e projetos missionário da Igreja Adventista, há claramente coisas que poderiam ser feitas para aumentar as ofertas para essa causa vital. Como líderes da igreja, é nossa responsabilidade manter os membros leigos bem informados sobre as nossas necessidades de missão global, informar sobre o uso desses fundos, aumentar a responsabilidade e simplificar a maneira como são coletados e usados, garantindo transparência. Como membros leigos, podemos encorajar uns aos outros a aprender sobre esses projetos de missão global e entender nossas responsabilidades para com os bilhões que ainda não ouviram a Mensagem do Terceiro Anjo, e de fato nem ouviram falar de Jesus Cristo. Considere sua própria congregação: que passos você poderia dar para encorajar os membros da sua igreja a aprender mais sobre missões globais e apoiá-las regularmente, generosamente, com orações e ofertas? ”