O Envolvimento dos Membros Adventistas do Sétimo Dia na Educação Adventista

Não há dúvida sobre isso: a educação é muitas vezes um indicador da trajetória que a vida de uma pessoa vai seguir. Como Reggie McNeal escreve em seu livro Kingdom Come: “... Nenhum outro empreendimento alcança tanto a dimensão humana quanto a educação. Todos os indicadores de vida e saúde estão ligados à educação: empregos, bem-estar, família e até a freqüência à igreja. Quando trabalhamos para melhorar a educação, tocamos em muitos outros aspectos em termos de melhorar a vida das pessoas ”(p. 127).

A Igreja Adventista do Sétimo Dia e seus membros tem convicções fortes sobre a educação de nossos filhos; as escolas adventistas enfatizam não apenas as habilidades de ensino necessárias neste mundo, mas também ensinam os alunos a manter seus olhos sempre fixos no Reino vindouro. E, enquanto alguns dizem que a educação adventista está morrendo, a pesquisa realmente mostra o contrário! De acordo com o Relatório de Educação de 2016, elaborado pelo Departamento de Arquivos, Estatísticas e Pesquisas da Conferência Geral (ASTR):

• Em 2015, havia 8.208 instituições educacionais adventistas (incluindo escolas primárias) em todo o mundo; no entanto, em 2016, o número subiu para 8.515.

• Em 2015, a matrícula em escolas adventistas em todo o mundo foi registrada em 1.922.982 e havia 84.869 graduados de instituições educacionais adventistas; em 2016, a matrícula foi registrada em 1.954.872 e totalizando 93.261 graduados.

• Em 2015, as escolas e instituições adventistas empregavam 102.778 professores, enquanto em 2016 esse número cresceu para 108.639.

Como parte de um estudo realizado pela ASTR em 2013, membros de todo o mundo foram questionados sobre suas experiências dentro da Igreja Adventista, sua visão sobre diferentes aspectos da vida espiritual e participação na Igreja Adventista local. Além disso, os membros também foram questionados sobre o envolvimento deles na educação adventista.

Foi perguntado aos membros da Igreja em todo o mundo se eles tinham sido adventistas do sétimo dia desde o nascimento. Curiosamente, cerca da metade (52%) dos membros nasceram na Igreja, enquanto a outra metade (48%) não. Este estudo mostrou que a maior porcentagem de membros que relatou ter nascido na igreja estava na Divisão Trans-Européia (DTE), onde 68,6% dos entrevistados relataram ser adventistas desde o nascimento. A Divisão Sul-Americana (DSA) foi a divisão que relatou o maior número daqueles que não eram adventistas desde o nascimento (64,18%).

Perguntou-se também aos membros sobre o nível mais elevado de ensino que concluíram — independentemente de onde a educação foi obtida. Resultados mundiais mostram que:

 

•    14,62% dos entrevistados completaram apenas o ensino fundamental.

•    13,21% completaram o ensino fundamental e parte do ensino médio.

•    20,42% concluíram o ensino médio.

     14,15% concluíram algum curso superior, mas não conseguiram um diploma.

•    24,75% conluíram curso superior.

•    12,42% conluíram pós-graduação ou obtiveram um grau de pós-graduação profissionalizante.

 

Quando examinamos cada divisão individualmente, percebemos que os entrevistados no DTE relatam o maior número de graduados em escolas de pós-graduação, incluindo-se pós-graduação profisionalizante (20,4%), enquanto a Divisão Africana Centro-Oriental (DACO) reporta o maior número de respondentes apenas com ensino fundamental ( 27,2%).

Perguntou-se então aos membros se eles já haviam frequentado uma escola, faculdade ou universidade adventista do sétimo dia. Mais da metade (56,37%) dos entrevistados da pesquisa indicaram que não possuem nenhuma escolaridade adventista. Aproximadamente um em cada dez (9,64%) compartilhou que eles passaram algum tempo em uma escola primária da IASD, enquanto um número similar (9,43%) completou o ensino fundamental. Um pequeno número (7,32%) relatou frequentar alguma escola secundária de ensino médio da IASD, e mais de um em cada dez (14,83%) frequentou alguma escola secundária da IASD.

Quando se trata de instituições de ensino superior, 15,16% dos entrevistados participaram de uma faculdade ou universidade adventista, enquanto apenas um pequeno número (4,16%) frequentou uma escola de pós-graduação ou uma escola profissionalizante da IASD.

Muitos estudantes estão se preparando para entrar em um novo ano escolar dentro das próximas semanas — seja em escolas e instituições adventistas, escolas públicas, “home school”, etc. Vamos manter esses alunos em oração, para que não importa onde eles vão, eles busquem primeiro a Jesus, e continuem preparando seus corações para um futuro no Seu reino.

“A verdadeira educação significa mais do que avançar em um certo curso de estudo. Significa mais do que uma preparação para a vida presente. Visa o ser todo, e todo o período de existência possível ao homem. É o desenvolvimento harmônico das faculdades físicas, intelectuais e espirituais. Prepara o estudante para a satisfação do serviço neste mundo e para aquela alegria mais elevada por um dilatado serviço no mundo vindouro ”(Ellen White, Education, 13).

Os dados sobre educação da Pesquisa Global de Membros da Igreja de 2013 podem ser encontrados nos relatórios de divisão em http://www.adventistresearch.org/research_reports