Frequência Regular à Igreja

Nosso último blog analisou quais fatores inicialmente atraem os membros da Igreja Adventista às suas respectivas congregações. Considerando-se as muitas igrejas locais que experimentam o abandono dos membros (conhecida como "síndrome do balde furado" ) e números muito mais baixos de frequência semanal  do que corresponde ao livro de registro de membros, pode-se questionar quais fatores fazem com que os membros retornem às suas congregações semana após semana.

Como mencionamos anteriormente, em 2013, o Escritório de Arquivos, Estatísticas e Pesquisa da Associação Geral supervisionou uma pesquisa com membros da igreja ao redor do mundo. O estudo foi projetado para avaliar as experiências e atitudes dos membros da igreja em relação a diferentes aspectos a sua vida espiritual e participação na Igreja Adventista do Sétimo Dia. Os entrevistados também foram convidados a compartilhar informações sobre o que os mantém retornando para a mesma congregação semana após semana.

Os resultados de sete Divisões (três Divisões Africanas, e as Divisões Pacífico Sul-Asiático, Sul do Pacífico, Sul-Americana e Interamericanas) mostram que as doutrinas da igreja foram o principal fator que influenciou a decisão dos membros sobre onde frequentar. As doutrinas são o fator principal (54%) que influenciou o atendimento regular.

O estilo de adoração (34%) e o evangelismo (25%), bem como um programa forte para crianças/jovens (19%) e um programa de música forte (19%) seguido de amigos e reputação da igreja (17% cada) foram também observados como fatores altamente influentes no atendimento regular dos membros.

          

Os dados revelam que as tendências nessas divisões são semelhantes no que concerne atração e retenção.

          

Curiosamente, na Divisão do Sul do Pacífico, os membros responderam a perguntas um pouco diferentes. Eles foram convidados a escolher o principal fator que os influenciou no atendimento regular à igreja. Mais de um quarto (29%) dos membros dessa divisão classificaram a família como o principal fator que influenciou a escolha de uma igreja local; e 23% deles o marcaram como um fator que influenciou sua frequência regular.

Na Divisão Norte-Americana, os três principais fatores que atraíram membros para frequentar suas congregações foram a apresentação das doutrinas da igreja (41%), amigos (40%) e estilo de adoração (35%). Enquanto os mesmos fatores também foram muito importantes na Divisão Trans-Europeia (42%, 42% e 37%, respectivamente), a principal razão pela qual os membros inquiridos continuavam sendo parte de suas congregações era a proximidade geográfica do local onde moravam (45%). Notavelmente, em todas essas divisões, os pastores desempenham um papel importante nas decisões dos membros de frequentar a uma igreja local. Assim, na Divisão Norte-Americana 24% marcou o pastor como um fator na decisão de frequentar de uma igreja local, enquanto que na Divisão Trans-Europeia 21% dos entrevistados disseram que o pastor é uma razão pela qual eles continuam sendo parte de suas congregações.

Mais uma vez, é importante notar que a principal razão pela qual os entrevistados vêm (e continuam voltando) para as igrejas adventistas é por causa de forte ênfase doutrinária; As coisas que nos tornam distintamente "adventistas", nos tornam diferentes das outras igrejas—e neste caso, isso é bom! Nossas crenças fundamentais são, em última análise, formas diferentes de ajudar as pessoas a ver a Jesus Cristo. Estas doutrinas precisam ser integradas em sermões e nas lições da Escola Sabatina, mas é necessário mais. Os membros da igreja devem ser ensinados a aplicar essas crenças ao seu estilo de vida e relacionamento pessoal com Jesus.

Considere sua própria congregação. O que há naquele grupo de pessoas que o motiva a continuar a frequentar sua igreja? Você está pessoalmente envolvido de forma que outras pessoas desejem retornar? Você está vivendo sua fé adventista com todo seu potencial? Uma reflexão sobre estas questões não só pode fortalecer sua própria caminhada pessoal com Jesus, mas também pode ser importante para incentivar os membros da sua igreja a permanecerem.