Comprometimento e Satisfação na Igreja Adventista

Pois assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma função, assim nós, embora muitos, somos um só corpo em Cristo, e individualmente uns dos outros. (Romanos 12: 4-5 ARA)

No Novo Testamento, somos frequentemente lembrados de que a igreja funciona como um corpo (1 Coríntios 12: 12-31, Romanos 12: 4-5, Ef 4:16). Assim como cada parte do corpo tem sua própria função e propósito, cada membro de uma igreja tem um papel    importante a desempenhar na função geral e na saúde da igreja. A igreja precisa de pessoas para preencher cada função; sem cada um dos membros, a igreja não pode atingir todo o seu potencial.

É importante pensar, então, sobre o nosso comprometimento com a Igreja Adventista. Cada membro da igreja desempenha um papel importante, mas estão esses membros comprometidos a permanecerem adventistas pelo resto da vida? Continuarão eles a servir como mãos e pés de Jesus?

Como parte da Pesquisa Global de Membros da Igreja de 2017-18 (GCMS), perguntou-se aos membros ao redor o mundo: "Qual a probabilidade de você frequentar a Igreja Adventista do Sétimo Dia pelo resto de sua vida?" (Q36). Quatro em cada cinco (81,6%) entrevistados acreditam que é muito provável que eles continuem fazendo parte da Igreja Adventista por toda a vida; outros 10,8% acreditam que é relativamente provável. Apenas uma pequena porcentagem (3,9%) foi neutra sobre o assunto, ou sentiu que era pouco provável (1,3%)/muito improvável (2,3%) que este seria o caso.

É muito encorajador saber que a maioria (82%) dos membros sente um forte senso de compromisso e apego à Igreja Adventista! Esses números indicam que a Igreja Adventista tem um futuro forte pela frente.

Contudo, embora vejamos que os adventistas parecem estar comprometidos com a Igreja em geral, quão satisfeitos estão eles com suas congregações locais?

A GCMS de 2013 perguntou aos membros que avaliassem sua satisfação com a igreja em uma escala de 1 a 10 (sendo 1 muito insatisfeito e 10 muito satisfeito). Na Divisão Norte-Americana, 78% dos membros da igreja classificaram sua satisfação com a igreja como 7 ou acima (percentual 70 ou acima).

Os membros de outras divisões, incluindo a Divisão Trans-Européia, indicaram sua satisfação em uma escala diferente: muito insatisfeitos, um pouco insatisfeitos, neutros, um tanto satisfeitos e muito satisfeitos. No TED, 22% dos entrevistados disseram estar muito satisfeitos, com outros 52,7% indicando estarem satisfeitos. Apenas uma pequena porcentagem (7,8%) indicou que estavam insatisfeitos, e 3,25% indicaram que estavam muito insatisfeitos. Embora a maioria nessas divisões (bem como outras divisões pesquisadas no estudo de 2013) esteja muito satisfeita ou satisfeita com a igreja local, é alarmante ter cerca de um quinto ou um quarto dos membros não satisfeito com a congregação local ou neutro em relação à igreja local nesta questão.

O GCMS 2018 perguntou aos membros a mesma pergunta (Q35). Globalmente, quase metade (48,3%) dos membros respondeu que está muito satisfeita com a igreja local; outros 25,9% indicaram que estão um pouco satisfeitos. Curiosamente, 15,3% dos entrevistados se sentiram neutros em relação à sua igreja. Além disso, 4,8% dos entrevistados indicaram que estão um pouco insatisfeitos com a igreja local, enquanto um número similar (5,7%) admitiu estar muito insatisfeito

Parece haver uma desconexão entre a satisfação com as congregações locais e o comprometimento geral dos membros com a Igreja Adventista como um todo. Isso é algo que os líderes em nível local, de união e associação precisam examinar e abordar.

Naturalmente, a administração da Igreja não deseja que os membros sejam simplesmente comprometidos (mas se sintam insatisfeitos) em suas igrejas locais. Isto não promove uma atmosfera vital e genuinamente cristã; isto não é um corpo saudável. É possível que a vida da igreja no nível local precisa ser examinada de maneira diferente e adaptada para melhor refletir as necesidades dos membros. Em última instância, tais ações poderiam aumentar a satisfação dos membros com suas igrejas locais e aumentar o calor geral do corpo de Cristo, bem como aprofundar o comprometimento com Igreja Adventista em geral.

 

Para obter mais dados sobre o GCMS de 2013, consulte os Relatórios de pesquisa de membros da Igreja por divisão:

http://www.adventistresearch.org/research_reports

Para saber mais sobre o GCMS 2018, confira a seguinte apresentação do Dr. David Trim, do Departamento de Arquivos, Estatísticas e Pesquisa:

Concílio Anual de 2018 - Relatório Global de Dados de Pesquisa de Membros da Igreja

(http://www.adventistresearch.org/sites/default/files/files/AC2018%20-%20Global%20Church%20Member%20Survey%20Data%20Report.pdf)