Pessoas por trás dos Números: Abordagem inovadora para a auditoria de membros pela Divisão Sul-Americana

"Qual de vocês que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma, não deixa as noventa e nove no campo e vai atrás da ovelha perdida, até encontrá-la? (Lucas 15:4)

Cada pessoa tem um valor imensurável aos olhos de Deus. Ele enviou Seu único Filho para nos redimir. Ellen White, falando sobre a parábola da ovelha perdida, fez uma notável declaração dizendo que “na parábola, o pastor sai em busca de uma ovelha — o mínimo que pode ser numerado. Assim, se houvesse apenas uma alma perdida, Cristo por ela teria morrido” (Parábolas de Jesus, 187). Isso coloca uma tremenda responsabilidade sobre os que nutrem e cuidam no contexto da igreja.

A parábola da ovelha perdida destaca também a necessidade de contar as ovelhas. Sem contar, o pastor não descobriria que estava faltando uma ovelha. Isso traz a importância da auditoria de membros e sua relação com a conservação de membros. Muitos líderes da igreja não são grandes fãs de auditoria, vendo isso como uma ameaça ao sucesso e um dispositivo para diminuir o grande número de membros. No entanto, nem todos os líderes compartilham dessa opinião, alguns campos, como a Divisão Sul-Americana (DSA), desenvolveram uma abordagem positiva à auditoria de membros para aumentar o índice de atendimento e conservação de membros.

Na reunião de Cúpula sobre Nutrição e Conservação de membros de 2019, Edward Heidinger Zevallos, Secretário Executivo desta divisão, e Charles Edson Rampanelli, Secretário Executivo da União Sul Brasileira, compartilharam seu Plano de Excelência, implementado no início de 2017, para prestar assistência à membros que deixaram de frequentar uma igreja local. Os apresentadores destacaram a importância da auditoria como um exercício que ajuda a verificar os dados nas listas de membros, organizar uma melhor assistência pastoral e tomar melhores decisões para o planejamento estratégico.

O que está incluído neste Plano de Excelência? Esta divisão implementou o Programa de Revisão contínua com o Grupo de Revisão Especial e o Sistema de Secretários Distritais, que devem ajudar os secretários da igreja local a atingir suas metas durante o ano em cada igreja do distrito. Todos os membros são divididos em várias categorias: membros com frequência regular à igreja; membros com rara frequência à igreja (doentes, idosos, pessoas com necessidades especiais); membros da igreja que frequentam outra igreja adventista; membros desaparecidos que não foram à igreja por mais de seis meses; e membros que precisam ser resgatados (aqueles que não vivem em harmonia com as doutrinas da igreja ou o estilo de vida adventista).

Este plano tem como objetivo ajudar os líderes e pastores da igreja a ver as pessoas que estão atrás dos números e prestar assistência pastoral a todos os membros e, especialmente, às duas últimas categorias. Não é segredo que muitas vezes há uma falta de informações de contato atualizadas dos membros desaparecidos e, frequentemente, seus endereços atuais são desconhecidos. Alguém tem que revisar as listas e atualizar as informações. Quem são membros do Grupo de Revisão Especial? Essas pessoas são escolhidas pela comissão da igreja e incluem um pastor, um ancião, um secretário de igreja, um tesoureiro e mais dois ou três membros que estejam familiarizados com a respectiva congregação. Deve funcionar permanentemente, os membros podem ser substituídos pela comissão da igreja, conforme a necessidade. A principal responsabilidade desse grupo é revisar as listas de membros e agrupar os nomes em cinco categorias e depois revisá-las a cada seis meses. Este grupo se reúne para acompanhar o progresso do Programa de Revisão Permanente e apresenta seu relatório à comissão da igreja a cada seis meses como o primeiro item da agenda.

A comissão da igreja também tem suas responsabilidades neste Plano de Excelência. Após o relatório do Grupo de Revisão Especial, eles nomeiam uma pessoa responsável para supervisionar o trabalho com cada grupo. Eles definem que tipos de serviço ou atendimento devem ser prestados aos membros em cada categoria e entregam ao pastor ou ancião da igreja uma lista de membros que deixaram a igreja e podem ser incluídos na Operação Resgate (resgate de ex-membros).

O secretário da igreja faz parte do Grupo de Revisão Especial e fornece listas atualizadas de membros do Sistema Adventista de Associados, além de formulários e listas atualizadas em cinco categorias. Além disso, as responsabilidades do secretário da igreja também incluem uma atualização do registro de cada membro no Sistema de Membros depois de cada reunião do Grupo de Revisão Especial, monitoramento do progresso do trabalho realizado com todas as categorias, organização dos eventos da Missão Resgate e inscrição de todos os membros na Escola Sabatina.

A DSA também introduziu outro sistema que impulsiona o sucesso do Plano de Excelência — o Sistema de Secretários Distritais. Um secretário distrital pode ser recomendado por um pastor distrital, que é a melhor opção, embora o nome também possa ser votado. Esta é uma posição de liderança, uma pessoa deve ter experiência, conhecimento técnico, capacidade de motivar as pessoas e ser acessível. A parte principal do trabalho é ajudar os secretários da igreja local a atingirem seus objetivos e progredirem em suas responsabilidades. Os secretários distritais também realizam avaliações trimestrais e anuais do progresso dos secretários da igreja; reuniões trimestrais; visitas ocasionais; chamadas de acompanhamento, etc. Este sistema não diminui o trabalho do Secretário Executivo da Conferência, mas aumentará consideravelmente os resultados na conservação de membros.

Para fazer isso acontecer,  a DSA dividiu o processo em quatro etapas: nomeação, treinamento, missão e motivação. O treinamento inclui detalhes, expectativas e ferramentas específicas que os secretários distritais podem usar. Isso pode ser feito por meio de video conferências, treinamento on-line, treinamento presencial do Secretário Executivo, auditor ou através de reuniões anuais dos secretários distritais.

Esse plano ajudou a mudar a situação e melhorou a conservação. Nos últimos dois anos, cerca de 54.000 ex-membros retornaram à Igreja Adventista. E o número de membros desaparecidos diminuiu. Devemos sempre lembrar o valor incomensurável de cada pessoa e tentar ver pessoas por trás dos números nas listas da igreja

Com base nas apresentações em PowerPoint de Edward Heidinger Zevallos e Charles Edson Rampanelli na reunião de Cúpula sobre Nutrição e Conservasão de 2019. Você pode encontrar apresentações ou ouvir a versão em áudio do seminário aqui.
As estatísticas de associação de cada divisão podem ser encontradas nos Relatórios Estatísticos Anuais do ASTR.

blog escrito por Galina Stele