Opiniões Mundiais Sobre Uso de Álcool, Tabaco e Drogas

Em nosso último blog sobre vida saudável, examinamos como os adventistas ao redor do mundo aceitam os padrões adventistas do sétimo dia de uma dieta saudável e sua crença de que nosso corpo é o templo do Espírito Santo. O Estudo Global para Membros da Igreja 2017–2018 também perguntou aos membros sobre suas opiniões sobre o uso de álcool, produtos com tabaco e drogas.

Em resposta à afirmação: "Deus quer que eu cuide do meu corpo evitando álcool, drogas e tabaco", uma grande maioria (95%) expressou concordar com a afirmação com mais de três quartos (77%) dos entrevistados concordando fortemente. Apenas uma pequena porcentagem (3%) discordou de uma forma ou de outra. É encorajador saber que a maioria dos membros em todo o mundo concordou com esta importante declaração sobre um estilo de vida saudável.

No entanto, os membros foram perguntados se eles aceitavam a crença Adventista em relação à abstinência de álcool, tabaco e uso de drogas de forma irresponsável, um número menor (80%) dos participantes da pesquisa compartilhou que concordava sinceramente com essa crença, enquanto outros 11% disseram que eles aceitavam porque a Igreja Adventista assim o ensina. Além disso, cerca de 6% tinham sérias dúvidas ou não aceitavam plenamente a crença, e uma porcentagem semelhante, comparada ao gráfico acima, tinha perguntas/não tinha certeza. Isso é interessante, considerando o número de membros que concordaram que Deus quer que cuidemos de nosso corpo, evitando essas substâncias. Essas descobertas sugerem que esse tópico requer mais tempo e discussão durante o preparo para o batismo.

Quando os membros foram perguntados se eles haviam usado produtos com tabaco ou álcool nos últimos 12 meses, apenas uma pequena percentagem relatou que usava produtos com tabaco. No entanto, cerca de três vezes mais entrevistados (ou seja, quase um em cada dez) relataram consumo de álcool nos últimos 12 meses. Assim, parece que, embora muitos membros da igreja creiam na mensagem adventista de saúde, alguns ainda lutam para aplicá-la ao seu estilo de vida pessoal.

   A picture containing food, bottleDescription automatically generated

Os adventistas em ao redor do mundo também parecem confusos quando se trata de entender as pesquisas sobre o uso de álcool. Enquanto um estudo de 2018 conduzido pela Faculdade de Medicina da Universidade de Washington determinou que não havia um nível seguro de consumo de álcool[1], 22% dos Adventistas em todo o mundo relataram não ter certeza da pesquisa sobre esse tópico. Outra pequena percentagem (6%) também acreditava que o consumo de álcool é seguro com moderação. Embora a pesquisa científica encontrada a esse respeito seja relativamente recente, esse é um padrão que a Igreja Adventista mantém desde a sua concepção.

Embora a frequência de qualquer uso de drogas não tenha sido avaliada no GCMS 2017-18, outras pesquisas mostram que existem alguns casos de uso de maconha entre estudantes ou outros membros da igreja. Contudo, a pesquisa também mostra que entre os estudantes de escolas Adventistas do Sétimo dia este uso é bastante inferior aos dados nacionais para essa faixa etária.   [2]

Para os que ocupam posições de liderança dentro da Igreja Adventista do Sétimo Dia, incluindo liderança da igreja, pastores e professores, é importante ensinar e reforçar devidamente o princípio da abstinência. Isso não é importante apenas para interações com jovens, mas também para novos conversos. Além disso, esse tópico importante deve ser discutido em relações de responsabilização e pequenos grupos.

"Assim, quer vocês comam, quer bebam, quer façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus." (1 Coríntios 10:31 Biblia)

Para saber mais sobre adventistas e abuso / dependência de substâncias, acesse este recurso útil: https://www.adventsource.org/ministry-plus/articles/adventists-and-addictions-703

Blogs anteriores sobre assuntos relacionados:


Criado em colaboração com o Instituto do Ministério da Igreja


Criado e traduzido pela equipe ASTR

 


[1]University of Washington School of Medicine. (2018). No safe level of alcohol, new study concludes. Retrieved from https://www.sciencedaily.com/releases/2018/08/180824103018.htm

[2] AdventSource. (n.d.). Adventists and addictions. Retrieved from https://www.adventsource.org/ministry-plus/articles/adventists-and-addictions-703