Visões Globais sobre Ellen G. White e Seus Escritos

"Comprometemo-nos a estudar os escritos de Ellen G. White em oração e com o coração disposto a seguir os conselhos e as instruções que ali encontramos. Quer individualmente ou em família, nos pequenos grupos, na sala de aula ou na igreja, o estudo combinado da Bíblia e de seus escritos provê uma experiência transformadora e de sustentação da fé. Incentivamos o desenvolvimento contínuo de estratégias, locais e globais, para promover a circulação de seus escritos dentro e fora da igreja. O estudo desses escritos é um meio poderoso para fortalecer e preparar Seu povo para o glorioso aparecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo."

Seventh-day Adventist Church, Statement of Confidence in the Writings of Ellen G. White, 2015.

(Igreja Adventista do Sétimo Dia, Declaração de Confiança nos Escritos de Ellen G. White)

Ellen G. White não foi apenas uma das “mães fundadoras” da Igreja Adventista, mas também uma profetisa cujos escritos inspirados continuam a guiar e impactar a Igreja Adventista hoje. Em 2015, no centenário de sua morte, a Igreja Adventista afirmou que os escritos de Ellen G. White foram divinamente inspirados, centrados em Cristo e baseados na Bíblia.

Como parte das Pesquisas Globais dos Membros da Igreja de 2013 e 2017-18, os membros foram questionados sobre seus pontos de vista a respeito de Ellen G. White, seu papel como profetisa e a natureza inspirada de seus escritos.

Em 2013, quase três quartos (73%) dos membros compartilharam que eles aceitam Ellen G. White de todo o coração como uma mensageira inspirada por Deus. Outros 13% compartilharam que aceitavam isso porque a Igreja Adventista o ensina. Apenas um pequeno número de membros admitiu ter dúvidas (4%) ou dúvidas importantes (2%), ou rejeitou completamente Ellen G. White como uma mensageira inspirada de Deus (4%).

Chart, bar chartDescription automatically generated

Quando o GCMS 2017-18 fez aos membros uma pergunta semelhante (desta vez usando o termo "profeta" em vez de "mensageira inspirada"), quase o mesmo número de entrevistados (72%) disse que aceitavam Ellen G. White de todo o coração como uma profetisa. A porcentagem daqueles que aceitaram essa visão porque a igreja ensina foi maior desta vez. Houve também um leve aumento no número daqueles que tinham algumas dúvidas sobre o papel de Ellen G. White, enquanto a porcentagem de membros que tinham grandes dúvidas sobre seu ministério foi semelhante. Poucos membros disseram que não aceitavam Ellen White como profetisa. Os dados de ambas as pesquisas mostram que uma grande maioria dos adventistas afirmou o papel de Ellen White como profetisa ou mensageira inspirada. No entanto, os pastores podem pensar em possíveis maneiras de esclarecer o assunto para aqueles que têm alguma pergunta ou dúvidas sérias.

Outro aspecto de Ellen G. White foi a autoridade de seus escritos, ou seja, eles vieram como resultado da inspiração divina por Deus. No GCMS de 2013, três em cada cinco (59%) entrevistados compartilharam que acreditavam que Ellen G. White foi inspirada por Deus e apresentou Sua mensagem em termos de seu próprio tempo e lugar. Curiosamente, 28% dos entrevistados acreditavam que Ellen G. White copiou o que Deus disse a ela palavra por palavra e não foi influenciada pelo tempo ou lugar. Menos de um em cada dez entrevistados acreditava que Ellen G. White criava histórias para explicar a vida, cerca de 4% não sabiam quem ela era, enquanto 2% acreditava que seus escritos não contêm mais sabedoria do que os escritos de outros líderes religiosos.

Chart, bar chartDescription automatically generated

O GCMS 2017-18 fez aos membros uma pergunta semelhante sobre os escritos de Ellen G. White. O mesmo número disse que achava que seus escritos foram inspirados por Deus. Um número um pouco maior de participantes (32%) acreditaram que Ellen G. White copiou o que Deus disse a ela palavra por palavra, o que aponta para a necessidade de uma explicação mais completa da natureza da inspiração de seus escritos para os atuais e futuros membros. No entanto, a comparação entre as duas pesquisas mostra que os membros em todo o mundo continuam a ter forte confiança nos escritos inspirados de Ellen G. White. O GCMS 2017-18 também mostrou que um grupo menor não sabia quem era Ellen G. White ou sentia que seus escritos incluem sabedoria sobre a experiência humana ou não contêm mais verdades do que as obras de outros líderes cristãos. No entanto, os números para essas três categorias foram levemente inferiores aos da pesquisa de 2013.

O GCMS 2017-18 levou o questionamento um passo adiante, perguntando aos membros se eles acreditavam que os escritos de Ellen G. White eram o resultado do dom espiritual de profecia. A grande maioria (92%) dos entrevistados concordou de uma forma ou de outra com essa ideia. Apenas uma pequena porcentagem discordou que os escritos de Ellen G. White foram inspirados

Chart, bar chartDescription automatically generated

Os escritos de Ellen G. White exaltam a narrativa das Escrituras e ajudam a "corrigir interpretações imprecisas derivadas da tradição, razão humana, experiência pessoal e cultura moderna." Portanto, é importante que esses escritos sejam compartilhados e valorizados em todo o mundo. Isso não deve ser apenas ensinado do púlpito, mas também enfatizado nas escolas Adventistas, nos estudos bíblicos, etc. Esses escritos são um recurso importante e inspirador que deve ser utilizado pelos Adventistas como meio de se aproximar de Jesus. Uma grande maioria de Adventistas em todo o mundo afirma seu papel profético e considera seus escritos como resultado do dom espiritual de profecia. Quais são suas experiências e práticas pessoais ao ler as obras de Ellen G. White?


Criado em colaboração com o Instituto de Ministério da Igreja.

Publicado pela ASTR em 25-11-2020.


[1] Statement of Confidence in the Writings of Ellen G. White, 2015. (Declaração de confiança nos escritos de Ellen G. White, 2015.)

 [2]  Ellen White image retrieved on 11-24-2020 from http://ellenwhite.org/content/article/learn-about-ellen-g-white(Imagem de Ellen White recuperada em 24/11/2020 em http://ellenwhite.org/content/article/learn-about-ellen-g-white).