Cristo na Sala de Aula: Missão das Escolas Adventistas na Divisão Norte-Americana

Todo professor que se preocupa com a educação de jovens alunos deve lembrar-se de que as crianças são afetadas pela atmosfera que as cerca, seja ela agradável ou desagradável. Se o professor está ligado a Deus, se Cristo habita em seu coração, o espírito que ele nutre será sentido pelas crianças. Se os professores entrarem na sala de aula com espírito provocador e irritado, a atmosfera que circunda sua alma também deixará sua impressão. [1]
 

Quando se trata da educação de nossos filhos, percebemos que seus professores desempenham um papel significativo em suas vidas. De muitas maneiras, eles ocupam o lugar de autoridade sobre nós, os pais. Frases como “… mas não é isso que meu professor disse” ou “… mas não é assim que meu professor faz” nos tornam muito conscientes disso.

Vamos dar uma olhada mais de perto nos professores da Educação Adventista que influenciam a vida de nossos filhos na Divisão Norte-Americana (NAD).

O Dr. Robert McIver, Diretor do Centro de Pesquisa de Espiritualidade e Sociedade das Escrituras da Universidade de Avondale, conduziu uma pesquisa na Convenção de Professores da NAD em Agosto de 2018. A pesquisa, encomendada pela Associação Geral, fez aos professores uma variedade de perguntas sobre seu papel na a missão de sua escola, seu compromisso com a Igreja, suas crenças, suas contribuições e seu envolvimento pessoal. Os resultados da pesquisa (conclusões extraídas da pesquisa) pintam um quadro valioso de quem são os professores como indivíduos que educam nossos filhos nas escolas Adventistas.

Para ser um participante efetivo na missão da Igreja, é importante ver como alguém entende a missão de sua instituição. Portanto, os professores foram convidados a descrever a missão de sua escola em suas próprias palavras.

Enquanto Conduzir os alunos a Jesus (34%) teve a classificação mais alta e parecia ser o objetivo da missão mais compreendido, Educação (26%), Preparação para este mundo (21%) e Aprendizagem de serviço (20%) seguiram de perto, como os próximos objetivos importantes da missão das escolas. Isso fala muito bem para as escolas, pois não apenas compreendem a Missão da Educação Adventista—que afirma: “Capacitar os alunos a desenvolver uma vida de fé em Deus e a usar seu conhecimento, habilidades e compreensão para servir a Deus e à humanidade”—mas também tendo tido sucesso em transmitir a visão a seus professores.

Quando os participantes da pesquisa foram perguntados: “De que maneiras você pessoalmente contribui para a missão de sua escola,” mais de um quarto (28%) respondeu que o ensino era sua contribuição, um quarto (26%) afirmou ser um modelo cristão era a sua contribuição, e cerca de outro quarto (23%) afirmou que apoiam programas como sua contribuição pessoal para a missão da escola. Não é surpreendente que muitos listem o ensino como uma contribuição pessoal, uma vez que é mais do que apenas um trabalho. Ensinar é conectar-se com os alunos em um nível pessoal para torná-los bem-sucedidos e envolve mais do que apenas estratégias e métodos de ensino, mas também a personalidade de alguém. Ser um modelo cristão também é uma contribuição muito importante, porque os jovens aprendem com o exemplo dos outros. Estar envolvido na vida de seus alunos apoiando programas escolares e encontrando oportunidades de serviço também são grandes contribuições porque os professores dão o exemplo, pois estão envolvidos no apoio a outros ou enquanto eles dão uma ajuda.

Os participantes também foram questionados: “De que maneiras você contribui para a missão mais ampla da Igreja Adventista do Sétimo Dia fora de seus deveres de trabalho? Metade deles (50%) afirmou que estava envolvida com sua congregação, cerca de um quarto (24%) afirmou que estava envolvida em serviço comunitário e os outros afirmaram que ensinam na Escola Sabatina, fazem viagens missionárias, trabalham com Desbravadores e grupos de jovens, estão envolvidos no Ministério da Criança e dão estudos bíblicos.

Visto que as escolas Adventistas estão vinculadas à Igreja Adventista do Sétimo Dia, os participantes também foram solicitados a descrever a missão da Igreja em suas próprias palavras. Mais da metade (55%) respondeu que a missão da igreja para eles é compartilhar as boas novas sobre Jesus ou levar as pessoas a Jesus, com mais 15% dizendo que é mostrar o amor de Deus. Essas descobertas mostram que os entrevistados veem a “Grande Comissão” descrita em Mateus 28:19–20 KJV - “Ide, portanto, e ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Santo Espírito: Ensinando-os a observar todas as coisas que eu lhes ordenei; e eis que estou sempre com vocês, até o fim do mundo.

Quando os participantes foram solicitados a responder à declaração “Eu sirvo à missão da Igreja por meio do meu trabalho”, a maioria (90%) respondeu que concordava totalmente com essa declaração. O total de  pessoas que concordaram aumentou para 98%.

Os participantes também foram perguntados sobre seu compromisso com a Igreja Adventista do Sétimo Dia. É encorajador ver no gráfico abaixo que a maioria dos participantes tem um compromisso forte/muito forte com a Igreja local e mundial.

Vejamos a imagem dos professores que trabalham com nossos filhos nas escolas Adventistas da NAD, pintada por meio dos resultados da pesquisa. Essas pessoas são indivíduos que compreendem a missão de sua escola e de sua Igreja. Eles estão comprometidos e envolvidos em suas igrejas, lideram pelo exemplo e contribuem pessoalmente para a missão da escola a fim de permitir que nossos filhos desenvolvam uma vida de fé em Deus e usem seus conhecimentos, habilidades e compreensão para servir a Deus e humanidade.

Que bela imagem de um professor que segue as pegadas de Jesus. Você apóia a Educação Adventista? Você é grato pelos professores na vida de seus filhos?

Se o professor tem o amor de Cristo habitando no coração como uma doce fragrância, um cheiro de vida para vida, ele pode ligar a si mesmo as crianças sob seus cuidados. Pela graça de Cristo, ele pode ser um instrumento nas mãos de Deus para iluminar, erguer, encorajar e ajudar a purificar o templo da alma de sua contaminação, até que o caráter seja transformado pela graça de Cristo e a imagem de Deus seja revelada na alma. [2]

Mais blogs sobre Educação Adventista:

 


Publicado pela ASTR em 01-06-2021.


[1] Ellen G. White, Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, 191.

[2] Ellen G. White, Conselhos aos Pais, Professores e Estudantes, 197.